1 Aug, 14

Avaliação Psicológica de condutores

Imprimir Email

Avaliação Psicológica de condutores


Enquadramento


O Decreto-Lei n.º 138/2012, de 5 de Julho, procedeu a alterações ao Código da Estrada e aprovou o novo Regulamento da Habilitação Legal para Conduzir (RHLC). Relativamente à avaliação da aptidão psicológica, o novo RHLC introduziu novas regras, nomeadamente em matéria de competências para realização da avaliação psicológica dos candidatos a condutor e condutores dos Grupos 1 e 2, estabelecendo que a mesma é realizada por psicólogos no exercício da sua profissão e pelo IMTT, ou por entidade por este designada.

Atualmente a avaliação médica é realizada por qualquer médico no exercício da sua profissão e cabe aos Laboratórios de Psicologia a avaliação psicológica dos condutores.

O exame psicológico destina-se a avaliar as áreas perceptivo-cognitiva, psicomotora e psicossocial relevantes para o exercício da condução ou susceptíveis de influenciar o desempenho dos condutores.

Estão sujeitos a esta avaliação todos os condutores profissionais (incluindo os instrutores de condução) e aplica-se na obtenção e renovação da licença de condução das categorias que o exigem. 

Os condutores profissionais são os enquadrados, segundo a referida legislação,no grupo 2: candidatos ou condutores de veículos das categorias C, C+E, D, D+E, das subcategorias C1, C1+E, D1, e D1+E, bem como os condutores das categorias B, B+E que exerçam a condução de ambulâncias, veículos de bombeiros, de transporte de doentes, transporte escolar e de automóveis ligeiros de passageiros de aluguer. 

 

Validade da carta de acordo com a idade (DL 138/2012 de 5 de Julho):

 

O termo de validade das cartas ocorre nas datas em que os seus titulares perfaçam as idades seguintes:

Condutores de veículos das categorias:

- B, BE (psicotécnico obrigatório só para o Grupo 2) - 50, 55, 60, 65, 70 e, posteriormente, de dois em dois anos;

- C1, C1E, C, CE (psicotécnico obrigatório) ­ 50, 60, 65, 70 e, posteriormente, de dois em dois anos;

- D1, D1E, D e DE (psicotécnico obrigatório) - 50,55 e 60 anos.

 

b) A revalidação pode ser feita nos seis meses que antecedem o termo da validade do título.

c) A revalidação das cartas de condução das categorias C1, C1E, C, CE, D1, D1E, D e DE determina a revalidação da categoria B.

d) A revalidação das cartas de condução das categorias D1, D1E, D e DE determina a revalidação das categorias C1, C1E, C e CE se o condutor for delas titular.

 

Metodologia


As baterias de testes contemplam todos os requisitos psicológicos para a condução automóvel, conforme o Decreto-Lei n.º 138/2012, de 5 de Julho,  e implica o estudo das áreas perceptivo-cognitiva, psicomotora e psicossocial.

Os exames de Psicologia do Tráfego, centram-se na observação sistematizada das capacidades mentais, aptidões operacionais e factores de personalidade, para rastreio de défices e/ou contra-indicações do foro psicológico, que possam constituir causas indiscutíveis de inaptidão para a condução automóvel.

 

Conheça melhor os nossos testes

2HAND

- Teste para avaliação da capacidade técnico-motora, em especial, a coordenação olho-mão e a coordenação bimanual.  

- Principais campos de aplicação: Diagnóstico de capacidades e aptidões (especialmente para operadores de equipamentos fabris, maquinistas, condutores de gruas, e pessoal para controlo e monitorização de equipamentos), Psicologia Organizacional, Psicologia do Tráfego e Psicologia do Desporto. Veja o video!

 

COG

- Teste de capacidade geral para avaliação da atenção e concentração através da comparação de figuras relativamente à sua similaridade. Dependendo da versão utilizada, o teste é aplicável a partir dos 4 anos de idade. 

- Principais campos de aplicação são: Psicologia do Trabalho e das Organizações, Diagnóstico de Aptidões, Psicologia Clínica, Neuropsicologia, Psicologia do Tráfego, Psicologia Aeronáutica, Psicologia do Desporto e Psicofarmacologia. Veja o video!

 

DT

- Teste para avaliação da tolerância ao stresse reactivo, da análise da capacidade de reacção de escolha múltipla face a estímulos rápidos em constante mudança, assim como para avaliação de défices da atenção, no diagnóstico de capacidades e aptidões.Veja o video!

 

IVPE

- O teste IVPE destina-se à avaliação dos traços de personalidade relevantes no âmbito da Psicologia do Tráfego: Aventureirismo, Sentido de responsabilidade social, Auto-controlo e Estabilidade psíquica. O teste inclui uma escala de Sinceridade, para controlo da tendência ao falseamento das respostas. 

- Principal campo de aplicação: Psicologia do Tráfego. Veja o video!

 

RT

- O teste RT permite a avaliação do tempo de reacção das respostas de escolha simples. Nas diferentes versões estão disponíveis estímulos visuais e acústicos, com os atributos vermelho, amarelo e branco, podendo constituir-se diferentes configurações de estímulos para a avaliação do tempo de reacção.

- Versões S1 a S5: avaliação do tempo de reacção (subdividido em tempo de reacção e tempo motor) a sinais visuais e/ou acústicos, simples e complexos, assim como para avaliação de distúrbios da atenção. 

- Versão S6: avaliação do decorrer do tempo de reacção durante um longo período de tempo sob condições de monotonia. 

- Versões S7 e S8: avaliação do grau do aumento da activação ou alerta relativamente a um estímulo, revelando-se na redução dos tempos de reacção aos itens com sinal de aviso (confirmado através do EEG). 

- Versões S9 e S10: avaliação do tempo de reacção a estímulos visuais e/ou acústicos simples e utilizam-se em situações nas quais são importantes os tempos de reacção absolutos (e não os normalizados) como, por exemplo, em pareceres judiciais. Nestas versões, é avaliado o tempo de reacção desde o início da apresentação do estímulo até o pressionar da tecla de reacção. A tecla de descanso não é utilizada e, portanto, não é feita a distinção entre tempo de reacção e tempo motor. 

- Principais campos de aplicação: Diagnóstico de capacidades e aptidões, na Psicologia do Tráfego, Psicologia do Desporto e Farmacopsicologia. Veja o video!

 

SPM

Teste não-verbal para avaliação do raciocínio  "edutivo"  (dedutivo)  – uma componente da inteligência geral  – em indivíduos com idades compreendidas entre os 6 e os 80 anos. 

- Principais campos de aplicação: áreas educacional, profissional, clínica e investigação científica. Veja o video!

 

ZBA

- Estimativa da velocidade e do movimento de objectos no espaço. Uma função importante para a Psicologia do Tráfego consiste em verificar em que medida um indivíduo consegue concentrar-se e/ou projectar-se num determinado movimento, de modo a ser capaz de estimar correctamente a velocidade e o movimento de objectos no espaço. 

- Principais campos de aplicação: Psicologia do Tráfego, Psicologia Aeronáutica, Psicologia da Saúde, Psicologia do Desporto. Veja o video!

 

 

 

FacebookMySpaceTwitterDeliciousGoogle BookmarksLinkedinRSS Feed